Atendimento: (61) 3273-0527

Conheça tratamentos para acabar com os fios espetados

cabelo-com-frizzFugir de chuva, vento, sol, poeira e outros fenômenos naturais para não estragar o cabelo é algo que muitas mulheres fazem, mas poderiam evitar. É possível enfrentar climas extremos sem ficar com os fios avolumados ou espetados. Hoje em dia, já existem tratamentos que acabam com o frizz e o volume excessivo.

De acordo com o cabeleireiro Bruno Barros, cabelos grisalhos, mistos e jovens, de adolescentes de 11 a 16 anos, costumam ser os mais atingidos pelos fios espetados. “Muitos brancos têm uma textura diferente, totalmente frisada. Esse tipo de fio, então, precisa de muitos cuidados para ficar com uma boa aparência”, recomenda.

Já as madeixas de pessoas mais novas não devem ser tratadas com produtos muito fortes. “Tem muita mãe que se desespera e parte para o alisamento. Mas é preciso esperar. O cabelo muda até os 18 anos pela questão hormonal. Cerca de 60% melhoram”, diz.

Independente da idade, o que precisa ser analisado para se encontrar uma solução para o frizz é a sua causa. “Em geral, tem a ver com ressecamento. Mas pode ser em função de eletricidade estática e presença de fios muito finos”, explica o especialista. O ideal é que um profissional faça essa análise.

Quando o cabelo está seco, a cutícula dos fios fica aberta, o que dá a aparência espetada. Usar xampus e condicionadores que recuperem a força perdida é indicado. “Mas existem produtos próprios para fechar as cutículas com maior intensidade, além de revestir os fios e anular os arrepiados”, explica o cabeleireiro Gennaro Preite.

É importante verificar a textura do cabelo para não errar na escolha do produto. Às vezes, os fios necessitam de força. Outras vezes, de emoliência. Não adianta usar cremes à base de queratina ou fazer cauterizações para dar força se o que você precisa é de hidratação.

Já a eletricidade estática é provocada pelo atrito dos objetos, como um pente de plástico ou metal, com o cabelo. Esses itens podem, além de arrepiar os fios, atrair partículas sujeira e poluição, que atrapalham na evaporação de fluidos naturais, deixando as madeixas oleosas.

Para resolver o problema, uma boa solução é optar pelos pentes de madeira, que tiram a eletricidade. Também existem secadores e chapinhas que combatem este efeito, basta olhar na embalagem e procurar por indicadores que apontem o combate à eletrostática.

Os cabelos muito finos espetam facilmente porque são quebradiços. Uma coloração pode ajudar a engrossá-los e o uso de cremes hidratantes com queratina na composição pode deixá-los mais comportados, porque restauram as estruturas danificadas e dão mais peso ao cabelo.

Para resolver o problema de volume excessivo, o cabeleireiro Marcos Sales aconselha aplicar um redutor de volume. “Os redutores são específicos para cada tipo de cabelo, por isso cabe a um profissional indicar o melhor tratamento, tal como o tiometaclilato, guanidina, hidróxidos de sódio, amônia, monoetamonamina e hidroxido, entre outros”. Segundo ele, cada um desses componentes fará com que a estrutura do cabelo seja modificada de maneira durável, deixando os fios soltos e com balanço. Como são produtos químicos, os redutores, sejam fortes ou fracos, devem ser utilizados de maneira responsável.

 

Deixe uma resposta


Blog

Nosso Instagram

Nosso Facebook

Endereço

SCLRN 712 Bloco H Loja 10 - Asa Norte - Brasília DF - CEP 70.760-518
Saiba Como Chegar

Tel: (61) 3273-0527
(61) 3964-3707

Whatsapp Intervision Hair

(61) 98181-8420

(Tim)

Orçamento por WHATSAPP